Os resultados do estudo IMPACT – terapêutica tripla

A terapêutica tripla administrada uma vez ao dia com apenas um único inalador reduziu as exacerbações moderadas ou graves da DPOC e melhorou a função pulmonar em maior grau comparativamente a LABA-ICS ou LABA-LAMA, de acordo com os resultados de um estudo publicado no NEJM. O estudo tem o nome de IMPACT.

Os investigadores observaram que a taxa de exacerbações moderadas ou graves foi de 0,91 por ano no grupo de terapêutica tripla, 1,07 por ano no grupo do LABA-ICS e de 1,21 por ano no grupo do LABA-LAMA. No grupo da tripla, a taxa anual de exacerbações graves da DPOC que levaram a uma hospitalização foi de 0,13, comparativamente com 0,19 no grupo de LABA-LAMA.

A pneumonia foi mais frequente nos doentes que fizeram tripla e LABA-ICS, o que seria expectável.

Saiba mais